4 itens indispensáveis em construções sustentáveis

4 itens indispensáveis em construções sustentáveis

Construções sustentáveis são aquelas que, desde seus projetos iniciais até o fim de suas vidas úteis, adotam um conjunto de medidas visando à sustentabilidade das edificações e à sua harmonia com o meio ambiente. Assim, os impactos ambientais negativos são reduzidos ao longo de todas as etapas da obra, economizando recursos naturais e promovendo grande melhoria na qualidade de vida de seus ocupantes.

Todos os tipos de imóvel podem se tornar sustentáveis, desde pequenas casas até grandes edifícios. Geralmente, os critérios observados e os objetivos traçados referem-se à redução da geração de resíduos e ao uso eficiente e consciente de materiais, de água e de energia.

Neste post, apresentaremos 4 itens indispensáveis em construções sustentáveis para que você possa aplicá-los em sua casa, tornando-a ecologicamente correta e chegando, até mesmo, a reduzir custos com a conta de luz. Vamos lá?

1. Coletores de água da chuva em construções sustentáveis

A captação de água da chuva pode ser feita com o auxílio de cisternas ou de caixas d’água. O líquido coletado pelo sistema pode ser reaproveitado para fins domésticos, como lavar o chão, dar descarga no vaso sanitário e regar plantas.

2. Telhado verde

Além de deixar sua casa mais bonita, telhados verdes também ajudam a amenizar a temperatura no interior da construção. Quando comparadas às telhas comuns, as plantas refletem mais intensamente os raios solares, diminuindo a troca direta de calor entre a edificação e o ambiente externo. Com a temperatura no interior do recinto reduzida, os gastos de energia com aparelhos de ar-condicionado, ventiladores e climatizadores também se tornam menores.

3. Painéis fotovoltaicos (energia solar)

Painel fotovoltaico é um equipamento que gera energia elétrica a partir da radiação do sol, aumentando a eficiência energética em um edifício. No Brasil, o investimento em um sistema de energia solar fotovoltaica (compra e instalação dos módulos) é recuperado, normalmente, em um período de 5 anos. Ele pode gerar uma economia de 50% a 95% na sua conta de luz, beneficiando, assim, as famílias que têm previsão de diminuição da renda no futuro.

4. Madeira plástica

Um dos princípios da construção sustentável é o uso de materiais ecológicos e reciclados. E um bom exemplo disso é a madeira plástica. Apesar de se parecer muito com a madeira natural, ela é produzida a partir da reciclagem do plástico e tem menor necessidade de manutenção. Por ser imune a pragas e a cupins, seu uso em pisos e revestimentos é muito vantajoso.

Novo campus da Universidade do Vale do Rio dos Sinos

O novo campus da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), em Porto Alegre, um investimento ao redor de R$ 200 milhões. O projeto, segundo o diretor, é inspirado em centros de referência internacionais, que valorizam conceitos ambientais e de sustentabilidade. Cita o emprego de telhados verdes, que auxiliam no desempenho térmico da edificação e energético, além do uso de lâmpadas LED’s, para redução o consumo de energia, além de outros.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *